Aprenda a como cultivar variados tipos de pimenta em casa

Veja como ter vários tipos para degustar!

0

Hoje, 08 de abril, nós da Casa e Jardim, do Agrorural.net, vamos mostrar como cultivar variados tipos de pimenta. Portanto, se você é um amante desses vegetais picantes, não pode deixar de perder essas dicas valiosas! Sem mais delongas, vamos às dicas!

Existe uma infinidade de tipos de pimentas no mundo todo. Fato é que, no Brasil, assim como diversos outros países da América Latina, as pimentas são indispensáveis na hora de fazer uma comidinha gostosa e encorpada. Nesse sentido, que tal cultivar as suas favoritas em casa e ter temperos frescos sempre à mão? Confira como logo abaixo!

Leia mais: Como fazer um regador com garrafa pet utilizando essa dica prática

cultivar variados tipos de pimenta
Aprenda a cultivar variados tipos de pimenta em casa! | Canva

Aprenda a cultivar variados tipos de pimenta em casa!

Primeiramente, vale escolher quais tipos de pimenta você quer cultivar. Dito isso, a variedades mais populares no Brasil são a biquinho, dedo-de-moça, malagueta, tabasco e a rainha dos temperos, a pimenta-do-reino. Todas essas podem ser plantadas em vasos e, além de brotarem bastante, ainda são lindas como decoração!

Germinando as sementes

A princípio, muitas pessoas preferem comprar mudinhas de planta diretamente de floriculturas por ser um processo mais simples do que esperar a germinação das sementes. Entretanto, se você tem algumas pimentinhas em casa e quer aproveitar as sementes delas, também é possível!

O método mais comum para isso é separar as sementes da pimenta e lavar em água corrente até tirar todo o miolinho branco que está preto nela. Em seguida, pegue um papel toalha e dobre em dois, umedecendo em seguida. Nessa parte, o ideal é que você utilize um borrifador de água para não exagerar; do contrário, é só despejar um pouquinho de água com cautela. O suficiente é quando o papel fica úmido, mas sem se desfazer.

Por fim, é só colocar as sementes por cima e cobri-las com a outra ponta do papel toalha. A dica aqui é deixá-las dentro de um ziplock, em um local quente. Dentro de duas semanas elas já estarão germinando e prontas para plantar!

Em qual vasinho plantar?

Felizmente, as pimentas são são muito criteriosas com espaço: um vaso de tamanho médio já serve bem! Isso independente se você for plantar as mudinhas das sementes ou transplantar mudas compradas diretamente. Dito isso, a terra deve ser, em sua maioria, composta por terra orgânica, com uma misturinha de adubo natural ou compostagem.

Além disso, no fundo do vaso você também pode colocar alguns cascalhos para ajudar a drenar a água, já que o excesso pode fazer mal para sua pimentinha. Ela gosta de uma terra bem drenada!

Preciso regar sempre?

Ademais, as pimentas gostam muito de solo úmido, o que é diferente de um solo encharcado, certo? Portanto, as regas costumam ser um pouco mais frequentes, já que elas costumam beber bastante água. Especialmente em dias quentes é bom conferir sempre se o solo não está muito ressecado. Dessa forma, é bom umedecer a terra sempre que perceber que ela está seca.

Melhor iluminação para cultivar variados tipos de pimenta

Por último, saiba que as pimentas no geral amam calor! Apesar disso, você pode cultivá-las dentro de casa, afinal, quem não quer um lindo vasinho decorando o ambiente interno? O ponto aqui é só garantir que ela vá receber luz solar direta na maior parte do dia. Pronto! Agora você sabe cultivar vários tipos de pimenta.

Leia mais: Como fazer adubo caseiro para plantas: você vai economizar com essas dicas

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.