Nunca foi tão fácil cultivar Aguapé com este simples guia

A planta aquática vai ganhar o seu coração!

0

Você já pensou em ter uma planta aquática, mas achou que precisaria de um lago para que ela sobrevivesse? Pois saiba que não é bem assim! É possível ter uma espécie de água em casa e, o melhor, em um vaso, sem cuidados exagerados ou difíceis. Ficou instigado a querer saber mais? Acompanhe abaixo o post sobre a Aguapé!

Porque, hoje, 15 de agosto, em Belo Horizonte, nós, da Agro e Jardim, da Agrorural.net, vamos te explicar o passo a passo dos cuidados e ambientes mais propícios para a plantinha. Pode ficar relaxados, você não estará sozinho nessa! O nosso manual irá ser um bom condutor neste plantio. Vamos nessa?

Leia mais: Como ter uma horta muito produtiva e saudável?

Nunca foi tão fácil cultivar Aguapé com este simples guia
Nunca foi tão fácil cultivar Aguapé com este simples guia – Canva Pro

Em primeiro lugar, vamos ensinar como cultivar Aguapé. Portanto, tenha uma muda da plantinha e um vaso relativamente grande, podendo ser médio. Assim, basta colocar mais da metade do vaso com uma água de qualidade e a muda lá. Prontinho! Nada difícil! Todavia, fique de olho para que ela não se torne invasiva e você tenha problemas em controlá-la. Também não aconselhamos o uso de nenhum tipo de fertilizante.

Em seguida, após o cultivo, veja os melhores cuidados que você pode ter com ela para que sobreviva bem e de forma encantadora!

  • A planta, por gostar de um clima mais quente, necessita de uma exposição plena ao Sol;
  • Não há necessidade de regas, mas você precisa deixar a água sempre limpa e nada ácida;
  • Dessa forma, não precisa de adubações ou solos, pois a aguapé é flutuante.

Viu só? Com pequenas dicas você é capaz de ter uma espécie diferenciada na sua casa! Sabendo cuidar e cultivar, o sucesso é garantido!

Qual é o ambiente que a planta aguapé vive?

Por fim, considerando que a Aguapé é uma planta aquática, isso quer dizer que ela se desenvolve muito bem em ambientes com climas mais quentes e, claro, com águas limpas, sem as limitações de poluição. Com um espaço bem cuidado e com temperaturas um pouco mais elevadas, ela tem boa capacidade de proliferação.

Agora que você aprendeu mais sobre o Aguapé, você consegue ter um toque diferenciado no seu quintal, jardim ou, até mesmo, dentro de casa! Conte para nós se você já conhecia essa planta e se gostou da ideia de ter uma espécie aquática sob seus cuidados! Acompanhe nossas outras dicas e até a próxima matéria!

Continue lendo: Técnica incrível que te ensina como plantar Acidantera

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.