Evento no Centro-Oeste levará produtores brasileiros de algodão para imersão na cultura

G.A. Tec Algodão 2023, da Girassol Agrícola, que deve reunir mais de 600 pessoas, acontece no dia 24 de junho, no Sul de Mato Grosso, com a presença de lideranças que são referências em produção, pesquisa e desenvolvimento de tecnologias. O objetivo é contribuir com o avanço da cotonicultura brasileira, em um espaço preparado para ser um verdadeiro "congresso dentro do campo"

Evento no Centro-Oeste
0

As mais recentes soluções para a cotonicultura brasileira estarão disponíveis a produtores, consultores, empresários e profissionais do agronegócio no II G.A. Tec Algodão, que será realizado pela Girassol Agrícola em Mato Grosso, no dia 24 de junho, na Fazenda Girassol, próximo à Rondonópolis. O evento acontece no momento em que a safra 2022/23 de algodão em MT caminha para mais um recorde, com 1,2 milhão de hectares semeados, alta de 1,86% em relação ao ciclo passado. De acordo com o Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea), também é positiva a expectativa de produtividade, calculada em 289,89 @/ha, 16,96% superior ao observado na safra 21/22.

Publicidade

O G.A. Tec Algodão é considerado o maior dia de campo da cultura no Brasil e nesta edição terá formato inédito, híbrido, onde, além do campo, haverá programação de painéis em ambiente fechado. Com o tema “Vamos colocar a semente no chão”, o objetivo do encontro é oferecer todo o conhecimento necessário como subsídio para as melhores tomadas de decisões para a próxima safra.

“Estamos há 20 anos plantando algodão e esse será o segundo G.A. Tec Algodão, um evento que tem seu DNA formado por pessoas, pela pesquisa, pelo nosso comercial, e como em todas as edições estamos trabalhando há meses para trazer para os cotonicultores a materialidade de dados e também o que fazer com eles para alavancar os negócios e a cultura”, destaca Gilberto Goellner, fundador e presidente do Conselho de Administração da Girassol Agrícola.

Publicidade
Gilberto Goellner
Gilberto Goellner

Programação

A programação terá início às 06h30 com credenciamento e café da manhã e o primeiro painel é no campo, a partir de 07h30, com tour em grupos a cada 15 minutos. Na rodada, o público poderá interagir e conhecer as soluções de empresas líderes em genética de algodão, máquinas agrícolas e outras tecnologias.

No segundo painel, ainda pela manhã, os participantes terão a oportunidade de refletir sobre “o que é preciso priorizar para buscar produtividades melhores a cada safra”, junto com os empresários rurais precursores do algodão brasileiro, Gilberto e Walter Horita. Também participam, Luimar Geni, cotonicultor, e Francisco Soares, presidente da Tropical Melhoramento e Genética (TMG), com mediação do engenheiro agrônomo Anaxágoras Couto.

Continua depois da publicidade
Banner camara

Para o terceiro e último painel, a Girassol Agrícola preparou o tema ‘Nossa fibra veste o mundo” e vai trazer à discussão o que vem pela frente que o cotonicultor precisa enxergar e colocar a mão, ou seja, uma visão sistêmica para que ele esteja suprido de conhecimento para agir no cenário atual da cultura. Nesta programação participam Arlindo Moura, presidente do Grupo Santa Colomba, Antônio Esteves, CEO da EISA, Alexandre Schenkel, presidente da Abrapa, Miguel Faus, presidente da Anea e Bruno Goellner, CEO da Produzir, com moderação da influenciadora agro, Rafaela Debiasi Guesser.

Novidades

Com a expectativa de receber aproximadamente 650 pessoas dos principais estados produtores da pluma (Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Bahia e Goiás, principalmente), o G.A. Tec Algodão terá várias novidades nesta edição, entre elas um espaço de convivência, posicionado no centro do evento com o propósito de ser um local de apoio, interação e descanso para os participantes.

Nele estarão presentes equipes da Girassol Agrícola e empresas confirmadas, como Rabobank, a iniciativa Sou de Algodão, FMC, Syngenta, Nitro, Bayer, Mosaic, Fertimig, Tama, Zeus, ICL, Ihara, entre outras, além de consultores e trades convidados. Influenciadores do agronegócio também estão confirmados para a interação com o público, entre eles os criadores das páginas @primos.agro, @rafadebiasi, @cozinhadocassim, @myfarmagroeducacao e @cortesengenhariaagro.

Inscrições

Neusa Lopes, diretora executiva da Girassol Agrícola, reforça o convite a todos os envolvidos na cultura e lembra que o evento tem entrada gratuita. “Junto dos convidados para esta edição, referências na cotonicultura, nosso objetivo é debater a prática, o que de fato é implementado no dia a dia do campo. O evento estará muito bonito, agradável, dinâmico, não deixem de participar”, comenta.

A inscrição pode ser feita antecipada em AQUI.

Girassol Agrícola – Há mais de 40 anos no mercado, a Girassol Agrícola iniciou suas atividades em 1982 no Estado de Mato Grosso, na região da Serra da Petrovina. Consolidada como uma das melhores e mais produtivas empresas do agronegócio brasileiro, atualmente, as principais atividades do grupo se concentram na produção e comercialização de sementes de soja, milho, algodão e reflorestamento de eucalipto, utilizando alta tecnologia de produção e máquinas de última geração. São quatro unidades de produção em MT, nos municípios de Pedra Preta (Serra da Petrovina), Santo Antônio do Leverger, Torixoréu e Aripuanã, além de duas unidades de produção terceirizadas nos estados de Goiás e Bahia.

Publicidade

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.