É desse jeito aqui o modo certo de cultivar Bardana, confira

Você vai se surpreender com a facilidade!

0

Você já ouviu falar da Bardana? Sabia que ela, seja sua raiz ou semente, são muito usadas pelos orientais para tratar cálculos renais, reumatismos e problemas da vesícula? Muito interessante, não acha? Além disso, elas são uma gracinha visivelmente falando, com um pontinho colorido ao centro! Mas você sabe cultivar Bardana? Gostaria de saber?

Se ficou curioso, veja hoje, 12 de junho, em Belo Horizonte, aqui no Agro e Jardim, da Agrorural.net, um guia incrível e imperdível de como ter essa plantinha em casa para chamar de sua, e contar com todos os benefícios que ela tem! Quer saber mais? Basta ler abaixo com atenção e anotar os detalhes. Bora lá?

Leia mais: Como plantar caju de forma simples e eficaz, veja o método

É desse jeito aqui o modo certo de cultivar Bardana, confira
É desse jeito aqui o modo certo de cultivar Bardana, confira – Pixabay

Antes de explicarmos como plantar Bardana, você deve saber qual a melhor época de cultivo, certo? Sendo assim, o plantio recomenda-se ser feito no outono e na primavera em regiões de clima temperado. No entanto, se for um clima mais subtropical, semeie no outono. Uma dica muito boa é, plantar diretamente no local definitivo, pois ela não suporta muito bem mudanças.

Essa planta também é medicinal, conhecida por ser anti-inflamatória , pode ser usada em ocasiões de dores de estomago ou gastrite, ela  pode ajudar muito com cólicas renais.

Por fim, indo ao ponto importante, vamos te ensinar a plantar Bardana do jeito certo e sem dificuldades. Dessa forma, uma das primeiras dicas é que o Sol não deve ser forte, mas sim, se possível, uma meia-sombra. Além disso, escolha um solo fértil, profundo e que seja fácil de drenar. Para uma boa drenagem, pode ser colocada argila expandida no fundo ou brita. Junto disso, escolha uma boa matéria orgânica, podendo ser o húmus de minhoca ou esterco bovino. Como já dito, não são adeptas a climas mais fortes, preferindo os amenos.

Nesse sentido, se você quiser plantar por sementes, dá certo também! Basta que você espalhe bem, de forma que haja espaço para todas. Quando  possível, você deve colocar  apenas 3 por cova, caso seja em canteiros, escolha um que possa ser elevado, pelo menos, 15 cm. Viu só como não é difícil? Conte nos comentários o que você achou dessa plantinha e do nosso guia. Para mais dicas práticas, não deixe de acompanhar nossos conteúdos diários!

Continue lendo: Aprenda agora mesmo com essas dicas como cultivar couve-de-bruxelas

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.