Qual o melhor adubo foliar para milho? Veja agora

Milho é um alimento muito rentável, então aprenda a cultivar da melhor forma!

0

A produção de lavouras de milho demanda uma sucessão de técnicas que precisam ser bem executadas, de modo a favorecer o desenvolvimento da planta. Assim, a adubação adequada é essencial para promover os nutrientes necessários ao cultivo. 

Dessa maneira, veja hoje, 26 de agosto, em Belo Horizonte, na Agro e Jardim do Agrorural.net, como realizar a adubação foliar do milho, uma técnica altamente recomendada pela Embrapa nos últimos anos. Do mesmo modo, confira qual o melhor material para se utilizar nessa variedade de plantio. 

Leia mais: Mato Grosso da início a segunda safra do milho: veja as estimativas para este ano

Qual o melhor adubo foliar para milho? Veja agora
Qual o melhor adubo foliar para milho? Veja agora – Imagem: Pexels

Entenda como é feita a adubação foliar do milho e invista na sua lavoura

Nem sempre a adubação convencional é suficiente para manter uma boa qualidade de determinadas formas de cultivo, como a do milho, por exemplo. Nesse sentido, a tecnologia moderna tem desenvolvido uma série de mecanismos para suprir a demanda do mercado de produção agrária.

Este é o caso da chamada adubação foliar, desenvolvida para evitar carências e perdas de produtividade. Assim, o método consiste em verificar o estado nutricional da planta, fazendo a pulverização dos nutrientes necessários na parte externa das plantas, a saber, nas folhas e caules. Dessa maneira, a absorção dos micronutrientes pela planta é mais rápida e eficiente do se fossem aplicadas as técnicas convencionais.

Como definir o melhor tipo de adubo foliar

A adubação foliar deve levar em conta vários fatores, como a idade da folha, o estágio fenológico da planta e a permeabilidade da cutícula foliar. Para isso, é necessário avaliar as condições da plantação junto a um agrônomo especialista. 

Isso acontece pois existem diversos problemas que podem influenciar a eficiência da adubação foliar, como a fonte dos nutrientes e o PH, a composição e a concentração da solução. Além disso, deve-se prestar atenção ao uso de equipamentos adequados para uma pulverização completa.

Ademais, outros aspectos também devem ser levados em conta, como a temperatura do local, a umidade relativa do ar e a intensidade dos ventos.  Portanto, quanto maior o planejamento para a realização desse tipo de adubação, mais as operações serão racionalizadas, gerando uma redução eficiente de custos para o agricultor.

Adubo foliar recomendado para a plantação de milho

De acordo com pesquisas recentes, a cultura do milho deve ser nutrida com adubos foliares que contenham zinco, boro, manganês e cobre. Dessa forma, estes metais auxiliam no rápido crescimento das plantações, fazendo uma adequada complementação de nutrientes por aplicação. 

NOTA: você deve consultar um especialista, por exemplo, um agrônomo, para explicar os detalhes da melhor forma possível para que não passe nenhum aperto.

Se você gostou dessa matéria, leia também: Veja os fatores mais relevantes para o aumento da produtividade da soja, confira

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.