Como plantar jiló em vaso e quais as melhores práticas de cultivo

Você gosta de jiló? Então fique de olho nas dicas!

0

Hoje, 7 de abril, em Belo Horizonte, nós da Casa e Jardim, da Agrorural.net, vamos te orientar na hora de plantar jiló em vaso. Muitos amam e odeiam, mas a verdade é que, se você quiser ter jiló em casa, você pode! Com as nossas dicas, esse legume estará lindo em um vaso e de forma acessível a você!

Sabe os dias em que você esqueceu de comprar o seu alimento preferido, mas gostaria de comer de forma saudável? Nós temos a solução! Ao cultivar esse fruto, você conseguirá manter a sua alimentação equilibrada e livre de tentações, se é que me entende! Assim, continue conosco até o final da matéria e comece o cultivo hoje mesmo!

Leia mais: Como cultivar plantas na água: economize com essas dicas

Como plantar jiló em vaso e quais as melhores práticas de cultivo
Como plantar jiló em vaso e quais as melhores práticas de cultivo – Pixabay

Plantar jiló em vaso, tudo sobre! 

Primeiramente, este legume divide opiniões, não é verdade? Muitos gostam, mas muitos odeiam! No entanto, se você é do time que gosta, aprenderá hoje mesmo como plantar jiló em vaso de uma forma simples, prática e que economizará seu tempo e dinheiro. Ficou animado e curioso? Então bora saber mais destes passos!

Descubra tudo o que você precisa saber!

Como dar início?

Nesse sentido, o primeiro passo é usar sementes de boa qualidade para que a chance de haver pragas seja menor! Isso porque, quanto menor a qualidade do produto inicial, maiores são as chances deste produto trazer mais prejuízos a longo prazo. Assim, a primeira análise é esta!

Plantar jiló em vaso: qual o melhor local?

Dessa forma, indo mais para o lado de plantar jiló em vaso, você deve se atentar ao solo, que deve ser um terreno limpo, fértil, com boa adubação e que seja bem drenado. Assim, utilize os famosos cascalhos para o solo não ficar compacto e lembre-se de priorizar a matéria orgânica dos próprios vegetais que iriam para o lixo na hora do adubo.

Ademais, depois que as sementes germinarem nesta terra e já estiverem com 4 a 6 folhas, você deve fazer o transplante do pé para um local definitivo. Não aconselhamos que você plante em um local que já será o último, pois a ideia é que a germinação ocorra em um menor, de fácil acesso e transporte. Ah, e lembre-se, jiló não gosta de climas frios.

O ponto chave: o plantio

Sendo assim, na hora de plantar, coloque as sementes em covas de 15 cm de profundidade, ou seja, perceba que o jiló terá raízes profundas. Assim, procure também vasos que sejam de 30 a 50 cm de altura. Tudo isto facilitará o seu cultivo e você não terá dores de cabeça.

Quais cuidados? Veja tudo agora 

Por fim, depois que você passar por todas as etapas, lembre dos cuidados básicos, tais como: não deixar o solo encharcado, mas manter sempre úmido – o sistema de gotejamento é o melhor para estes casos -; deixe que fique exposto a luz solar direta por, pelo menos, 4 horas e não esqueça de evitar que o adubo fique concentrado em excesso no terreno.

Viu só? Agora você pode plantar jiló em vaso sem dificuldades! Em tempos onde os legumes estão cada vez mais com preços absurdos, você pode começar a sua própria horta!

Continue lendo: Como fazer mudas de citronela com este guia exclusivo

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.