Como plantar Kalanchoe: mais conhecida como a flor da felicidade

Se você gosta de suculentas floridas, essa é para você!

0

Hoje, 10 de abril, em Taubaté, nós da Casa e Jardim, da Agrorural.net, você vai saber de algumas dicas certeiras para plantar Kalanchoe e ter plantinhas sempre lindas e floridas no seu jardim. Portanto, confira nosso passo a passo logo abaixo!

Embora tenha lindas flores coloridas, quem tem um olho mais afiado para plantas pode perceber só de observar as folhas do que se trata, realmente, a Kalanchoe: uma suculenta! Exatamente por isso são plantas fáceis de cuidar e que não costumam dar trabalho. Além disso, essas pequenas são conhecidas como flor da fortuna ou felicidade! Quer saber mais? Acompanhe o artigo.

Leia mais: Como plantar maçã: confira nosso passo a passo

plantar Kalanchoe
Saiba como plantar Kalanchoe sem erro! | Canva

Saiba como plantar Kalanchoe sem erro!

A princípio, a Kalanchoe é uma planta fácil de encontrar em floriculturas, casa de ração e até supermercados, que sempre têm uma seção de plantinhas. Dessa forma, elas costumam chegar em vasos bem pequenos e precisam ser transplantadas posteriormente.

Contudo, também dá para fazer mudinhas e, por se tratar de uma suculenta, o método é bem simples: basta cortar um galho a planta (passar uma canela em pó nas extremidades feridas para cicatrizar) e deixar descansando em cima de um solo. Daqui a um tempo, a haste vai começar a enraizar e aí é só plantar!

Melhor solo para sua florzinha

Independentemente do método que você escolher para cultivar sua flor – estaca ou transplante de muda – a preparação do solo deve ser a mesma. Por ser uma suculenta, ela não precisa de muita água e, por isso, o ideal é oferecer um solo drenável. Uma dica é misturar duas partes de areia com uma de terra vegetal e uma de terra comum.

Aliás, é bom também adubar sua plantinha, pois estamos falando aqui de uma planta com floração. Quanto mais saúde tiver, mais ela vai florir! Então invista em uma adubação bem forte, como a farinha de osso, por exemplo.

Iluminação ideal

Assim como outras suculentas, ela precisa estar em um ambiente que seja muito ensolarado e, não só isso: precisa pregar esse solzão direto! Por isso, não é recomendável deixar sua Kalanchoe em ambientes internos, já que, normalmente, não há muita iluminação por ali. Afinal, isso vai implicar diretamente na floração da planta.

Frequência de regas

Por fim, as regas devem ser como as das suculentas, mesmo: uma vez por semana ou quando você perceber que o solo está muito seco. Mais do que isso não é muito bom, pois ela pode ficar estufada e começará a apodrecer por dentro. O solo drenável vai ajudar bastante a evitar que isso ocorra na hora de plantar Kalanchoe.

Leia mais: Como plantar cebolinha no canteiro com este guia exclusivo

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.