Mercado de grãos: veja a projeção da leguminosa “Soja”, para os próximos meses, confira

Você sabe o que vem por aí? Acompanhe hoje mesmo em primeira mão

0

A soja é o produto que mais dá o que falar quando o assunto é mercado e produção. Isso porque, ela é uma base muito forte do PIB e da nossa economia do mundo agro. Seja para exportação ou produção interna, todos os produtores apostam neste produto de sucesso. No entanto, você sabe como está o Mercado de grãos para os próximos meses?

Bom, é disto que vamos falar hoje, 05 de maio. Nós da Agro Notícias, da Agrorural.net, vamos te manter antenado sobre estas questões e te mostrar o que há por trás nestes próximos meses. Afinal, é muito importante estar por dentro das principais informações do campo e da nossa organização social e econômica, não é mesmo? Por isso, leia com atenção!

Leia mais: Aprenda a como plantar cana-de-açúcar no quintal de casa

Mercado de grãos
Mercado de grãos: veja a projeção da leguminosa “Soja”, para os próximos meses, confira | Canva

Entenda mais sobre o mercado de grãos

Primeiramente, esse mercado é mais complexo do que se imagina porque envolve uma série de fatores aos quais o empreendedor deve ficar de olho. Em resumo, tudo se baseia na criação e aplicação de boas estratégias, pois o sucesso nesse mercado envolve mais do que simplesmente a análise da variação dos preços dos grãos.

Por exemplo, um bom produtor deve se atentar às mudanças no cenário econômico global, bem como nas alterações que ocorrem na bolsa de valores. Além disso, deve ter conhecimento sobre os países produtores de determinados produtos (no caso da soja, Brasil, China, EUA, Índia e Rússia). Dessa forma, trata-se de um conjunto de estratégias que vai fazer com que o produtor tenha sucesso ao investir nesse meio.

E qual a projeção da soja para o futuro?

Por fim, em relação à projeção da soja para esse ano, tudo tem relação com o final de 2021. Isso porque, embora tenha sido um ano de produção recorde do grão, os últimos meses (especialmente dezembro) foram marcados por dificuldades nas lavouras. Isso, no caso, devido às condições climáticas, que mudaram drasticamente com a ocorrência do fenômeno La Ninã, que trouxe consigo um excesso de umidade prejudicial às lavouras.

Em contrapartida, a outra extremidade do país (incluindo nosso vizinho, a Argentina) sofre com a falta de umidade. portanto, três dos maiores estados produtores do grão no Brasil estão desfalcados, bem como a Argentina, que ocupa o segundo lugar no ranking e maiores produtores sul-americanos de soja.

Ademais, há dificuldade também na colheita da soja. Portanto, se o problema persistir, é possível que 2022 seja um ano marcado pela perda de safra. Por esse motivo, os olhos do mercado internacional estão voltados para o mercado sul-americano, que vai ditar o preço do grão em 2022 devido ao seu tamanho.

O que achou dessas informações sobre o Mercado de grãos? Comente aí embaixo e compartilhe com seus amigos!

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.