Aprenda a como cultivar pimentão invertido em garrafa pet com este método

Saiba mais sobre a técnica aqui!

0

Hoje, 8 de abril, nós da Casa e Jardim, do Agrorural.net, vamos te mostrar como cultivar pimentão invertido em garrafa pet. A ideia é inovadora e pode trazer muitos benefícios para quem ama o vegetal! Ficou curioso? Então nos acompanhe logo abaixo para saber mais!

O pimentão é um vegetal amplamente utilizado em receitas no mundo todo e, no Brasil, não poderia ser diferente! Devido à sua versatilidade – tanto em espécies como cores – ele serve muito bem em pratos elaborados. Inclusive, dá origem a alguns temperos, como a páprica. Quer saber como cultivá-lo? Então vamos às dicas!

Leia mais: Como plantar suculenta usando método prático e barato

pimentão invertido em garrafa pet
Veja como pimentão invertido em garrafa pet! | Canva

Veja como cultivar pimentão invertido em garrafa pet!

Pode parecer complexo, mas a técnica, na verdade, é bem simples. Isso tanto na execução quanto nos materiais, que são os seguintes:

  • Uma garrafa pet grande (de 2 litros, por exemplo);
  • Tesoura ou estilete;
  • Barbante ou sisal;
  • Uma folha de papel toalha;
  • Mudinha de pimentão.

Com os materiais em mãos, é só partir para a ação!

Preparando a garrafa pet

Primeiro, pegue a garrafa pet sem tampa e recorte com um estilete ou tesoura na parte inferior, que fica apoiada, retirando esse tampo. Em seguida, faça dois furinhos na lateral da zona de corte, onde você passará o barbante ou sisal, parecendo uma alça de balde. Isso vai fazer com que a garrafa tenha sustentação para ser presa à parede.

Depois, você precisará envolver a mudinha de pimentão com o papel perto da raiz e passá-la por dentro da garrafa. Isso vai fazer com que não haja espaço para que a planta caia. Para isso, a planta deve entrar pela extremidade recortada e a pontinha deve sair pelo bico, onde fica a tampa. Passe a plantinha toda, até que a raiz com o papel fiquem presos no bico, sem que saiam facilmente.

Plantando os pimentões

O próximo passo é preparar a terra que vai dentro da garrafa pet, cobrindo a raiz da muda. Para isso, é bom que você escolha uma terra bem drenada, como o húmus, e com uma grande riqueza de matéria orgânica. Dessa forma, você pode fazer uma mistura de partes iguais com um adubo orgânico. Do contrário, será necessário adubar sua planta regularmente, mas nós queremos que ela fique quietinha dentro da garrafa por um tempo.

Feito isso, basta completar a garrafa pet com a terra preparada até quase o fim, deixando um palmo de distância do topo da garrafa invertida. Nessa hora, vem o pulo do gato: você pode utilizar cascas de ovos para fazer com que essa terra fique rica em cálcio, o que ajuda no crescimento sadio dos frutos. Basta higienizar bem e quebrar as cascas lá dentro, mas você também pode triturar no liquidificador para ficarem parecendo um pó.

Por fim, termine de cobrir a garrafa com a terra de antes e aí é só pendurar. Logo depois de transplantar a muda, faça uma rega bem generosa para que a água percorra toda a extensão da garrafa!

Regas regulares ou não?

No começo, a planta não precisa de tantas regas, somente quando o solo estiver bem sequinho. Entretanto, conforme a planta se desenvolve e nascem os primeiros frutos, é bom aumentar a frequência, para que eles fiquem bem suculentos. Viu como é fácil cultivar pimentão invertido em garrafa pet?

Leia mais: Como cultivar tomilho em vaso com essa dica infalível

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.