Aprenda na prática a como cultivar Singônio: segredo revelado

Veja como fazer o cultivo de forma simples!

0

Hoje, 21 de abril, em Taubaté, nós da Agro e Jardim, da Agrorural.net, vamos te ensinar o melhor método para cultivar Singônio. Portanto, se você é apaixonado por folhagens diversas que podem dar um ar especial ao seu lar, continue nos acompanhando. Você não pode perder essas dicas!

A princípio, o Singônio é uma planta que chama atenção pelas suas folhagens diferentes, em formato de coração com listras brancas. Cuidar dele não é tão difícil quanto parece e você verá logo abaixo que estamos dizendo a verdade. Afinal, todas as plantas conseguem se desenvolver com um pouco de amor e cuidado. Vamos lá?

Leia mais: Aprenda a como cultivar Orquídea na água de maneira fácil

cultivar Singônio
Veja como cultivar Singônio facilmente | Canva

Veja como cultivar Singônio facilmente

Muito comum em espaços públicos, o Singônio é uma planta bastante adaptável a qualquer lugar, especialmente se recebe o trato correto. Dessa forma, os cuidados com ele não são muitos e até quem não tem costume de cuidar de plantas pode ter uma boa relação com essa. Dessa forma, basta se atentar às necessidades básicas dele, especialmente em relação à iluminação, solo e regas.

Primeiramente, você pode escolher plantá-lo diretamente no solo, especialmente se possuir um jardim em alguma parte da casa, pois ele é uma planta rasteira. Entretanto, também dá para cultivá-lo em vasos, principalmente em ambientes internos. Se optar por isso, escolha um vaso com furo embaixo que seja mais largo e fundo.

Comece pelo substrato

Antes de mais nada, comece a preparação do substrato com uma parte de terra vegetal, uma de composto orgânico (que pode ser húmus de minhoca, terra de compostagem ou de folhas secas) e uma parte de areia para ajudar na drenagem do solo. É bom misturar tudo muito bem antes de iniciar o processo do plantio.

Partindo para a rega

As regas, por sua vez, não precisam ser diárias, muito menos exageradas. Em épocas de calor, você pode regá-lo apenas duas ou três vezes por semana, já que o clima auxilia na evaporação mais rápida da água.

Entretanto, no inverno a planta costuma entrar em estado de dormência, exigindo ainda menos irrigação. portanto, regue apenas quando perceber que o solo está muito seco para que ela não morra. Lembre-se de borrifar água também nas folhas.

Onde deixar o vaso ao cultivar Singônio?

Por fim, cultivar Singônio em vaso não é complexo, como você percebeu. Dessa forma, por ser muito adaptável, você pode deixar o vaso em ambientes de meia-sombra ou de sombra total, contanto que o ambiente tenha uma boa iluminação e não seja completamente escuro.

Leia mais: Segredos para um manjericão perfeito: guia completo

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.