Como cuidar da rosa do deserto no vaso com essa técnica

Saiba como cultivar rosa do deserto sem mistério!

0

Hoje, 07 de abril, nós da Casa e Jardim, do Agrorural.net, vamos te contar como cuidar de rosa do deserto no vaso com técnicas simples e infalíveis! Portanto, se você se interessou pelo assunto, continue no acompanhando e fique por dentro de tudo!

A rosa do deserto, na verdade, não se trata de uma rosa: é, de fato, uma suculenta. Dessa forma, o trato com a planta deve ser específico, diferente do que se dá com outros tipos de flores. Sabendo disso, confira nossas dicas abaixo para mantê-la sempre linda e saudável!

Leia mais: Como fazer adubo caseiro para plantas: você vai economizar com essas dicas

rosa do deserto no vaso
Saiba como cuidar de rosa do deserto no vaso! | Canva

Saiba como cuidar de rosa do deserto no vaso!

Como dissemos anteriormente, a rosa do deserto é uma suculenta. Como tal – e como o nome indica – ela está acostumada a climas desérticos e, consequentemente, sem incidência de água. Aliás, as suculentas, no geral, são assim: armazenam a água que recebem, tal qual os cactos, por passarem por períodos de seca regularmente. Dito isso, existem alguns cuidados para se tomar com elas.

Qual o melhor solo para ela?

Por vir de um clima desértico, mais especificamente do sul do Saara, essa planta prefere solos muito específicos. Dessa forma, é bom misturar metade do solo de terra bem grossa com uma parte de terra orgânica, um toque de esterco e salpicar casca de pinus. Isso vai garantir que o solo fique bem drenável, o que ajuda na manutenção da planta. Aliás, escolha um vaso com muitos furinhos!

Frequência de regas

Como dissemos, o solo deve ser drenável justamente para que a plantinha não acumule muita água. Isso porque seu caule é bastante sensível e acumula água por si só, pois isso tem esse aspecto mais grosso. Entretanto, o excesso pode fazer com que ela fique muito cheia e, com o tempo, suas raízes e caule podem apodrecer.

A dica, então, é regá-la uma vez por semana ou se você perceber que a terra está muito ressecada. Além disso, se você apalpar o bulbo da planta, pode sentir se ele está mais sequinho (igual quando deixamos a cenoura na geladeira por muito tempo e ela fica borrachuda). Se for esse o caso, ela está com sede!

E que haja luz!

Por fim, o pulo do gato para cultivar rosa do deserto no vaso é fornecer a ela bastante luz solar direta! Afinal, ela adora pegar um solzinho, especialmente durante algumas das primeiras horas do dia. Portanto, não precisa se preocupar se ela tomou muito Sol, ela adora!

Leia mais: Como fazer irrigação de jardim: aprenda agora mesmo com este guia

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.