Como fazer mudas de orquídeas amarelas, confira o método simples

Veja o método mais fácil!

0

Hoje, 24 de abril, em Taubaté, nós da Agro e Jardim, da Agrorural.net, vamos te mostrar algumas formas de fazer mudas de orquídeas amarelas. Portanto, se você é apaixonado por orquídeas e quer descobrir uma forma de cultivá-las em casa, confira nossas dicas abaixo.

Primeiramente, saiba que as orquídeas são a maior família de flores que existe. Dito isso, existem diversos tipos, sendo arbóreas ou terrestres, bem como várias cores. Cultivá-las pode parecer complexo, mas, depois de aprender os macetes, é mais simples. Então nos acompanhe para não perder nada!

Leia mais: Sinais que a sua suculenta não vai bem: aprenda como salvá-la

mudas de orquídeas amarelas
Veja como fazer mudas de orquídeas amarelas facilmente | Canva

Veja como fazer mudas de orquídeas amarelas facilmente

A princípio, existem diversos métodos de fazer mudas de orquídeas, todos eles com fins diferentes, dependendo de com qual espécie você está lidando. Hoje ensinaremos três deles, que podem ser mais simples para quem está começando, por exemplo. Portanto, veja como eles funcionam e atente-se aos detalhes!

1- Semeando as sementes

O primeiro de todos é o método de semeadura, que é o mais simples, porém mais demorado. Antes de tudo, você precisa conseguir sementes de orquídea amarela, que são as micro-orquídeas. Entretanto, por serem muito pequenas, elas precisam da ajuda de alguns fungos para terem os nutrientes necessários para brotar, que é o caso das micorrizas. Ela precisam ser aplicadas diretamente nas sementes para terem algum efeito.

1.2- De forma simbiótica

A forma simbiótica é um meio de semeadura com auxílio das micorrizas. Você vai precisar de micorrizas, raízes de orquídeas, das sementes, um tronco de árvore e de um pouco de água de coco. Primeiro, você deve macerar as raízes e misturá-las à água de coco, peneirar a mistura e juntar às sementes. Note que nelas há cápsulas, que você deve retirar antes de misturar.

Em seguida, pegue o tronco e despeje o líquido com a mistura, espalhando por todo o tronco levemente. Embora haja centenas de sementes dentro da cápsula, apenas algumas delas germinarão. Outro método e jogar as sementes próximo às raízes de outra orquídea, que provavelmente já terá as necessidades supridas.

2- Por meio de divisão

Por fim, você pode realizar a forma de divisão dos rizomas para gerar mudas de orquídeas amarelas. Para isso, você precisará de uma orquídea adulta com pelo menos 6 caules saudáveis. Esses caules, por sua vez, devem ter brotos e os que tiverem é os que você deverá cortar com auxílio de um estilete bem afiado para causar menos trauma à planta. A partir disso, é só usar o método de estaquia e logo você terá novas flores.

Leia mais: Segredo revelado para um Jardim lindo e organizado: dicas econômicas

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.