Como plantar pitaya no vaso: aprenda a melhor técnica de cultivo

Veja como fazer facilmente!

0

Sabia que tem como plantar pitaya no vaso? Em síntese, a árvore da pitaya é, na verdade, um cacto. Ela se desenvolve facilmente no clima do Brasil, mas requer muitos cuidados porque seu processo de crescimento é um tanto demorado. Apesar disso, com paciência é perfeitamente possível cultivá-la.

Hoje, 13 de maio, em Taubaté, nós da Agro e Jardim, da Agrorural.net, vamos te mostrar como você pode realizar o plantio e cultivo dessa planta facilmente. Melhor ainda, vamos te ensinar a cultivá-la em vasos, de forma que não seja necessário plantá-la no solo. Portanto, continue nos acompanhando a seguir para saber mais!

Leia mais: Pé de mamão com folhas amarelas, veja algumas dicas para solucionar o problema

plantar pitaya no vaso
Confira a melhor forma de plantar pitaya no vaso | Canva

Confira a melhor forma de plantar pitaya no vaso

Antes de mais nada, é bom escolher um vaso que seja grande para comportar o tamanho da pitaya. Embora seja um cacto, ela tende a crescer muito, então recomenda-se um que tenha, pelo menos, entre 40 e 50cm. O plantio pode ser feito a partir de uma muda, da mesma forma que os outros cactos, ou das sementes de pitaya.

Se optar pelas sementes, é bom pegar um fruto que esteja maduro e saudável para retirar a polpa. Como você pode notar, dentro dela estão todas as sementinhas, que devem passar por um processo de higienização, apenas lavando em água corrente para remover a polpa da fruta. A partir disso, você deve deixar as sementes em um papel toalha para que sequem bem antes de plantá-las.

Preparando o substrato certo

A seguir, é importante criar uma camada de drenagem no interior do vaso, porque o excesso de água pode prejudicar o cacto. Para isso, você pode utilizar pedriscos, manta de bidim, cascas de pinus ou o que for mais fácil para você. Além disso, garanta que haja furos na base do vaso também para ajudar na drenagem.

Em seguida, o substrato pode ser feito a partir de uma mistura de uma parte de terra vegetal, uma de areia e alguma fonte de matéria orgânica. Nesse sentido, você pode utilizar húmus, esterco curtido ou até adubo de compostagem. Depois, é só colocar as sementes que germinarão entre 8 a 12 dias.

Ela também precisa de regas!

Embora seja necessário tomar cuidado com as regas, a pitaya não está livre delas. Afinal, todos os seres vivos necessitam de água para sobreviver. Contudo, o ideal é que você regue uma vez por semana ou quando perceber que o solo está bem seco, mas sem exagerar para não prejudicar as raízes ou o caule (onde a água se acumula). Dependendo do clima, se estiver muito quente, vai ser necessário aumentar as regas para umas duas vezes.

E quanto ao clima e à luminosidade?

Por fim, diferente dos outros cactos, não é muito bom que a pitaya receba luz solar por muitas horas durante o dia. Isso porque ela é bem sensível, o que pode causar queimaduras e prejudicar o crescimento da planta. Em contrapartida, ofereça a ela um local que tenha um clima mais quente ou ameno, mas que tenha luz direta principalmente pela manhã e sombra nos períodos mais quentes da tarde.

Agora você sabe como plantar pitaya no vaso! Viu como não é difícil?

Leia mais: Como plantar batata doce sem gastar muito, veja essas dicas essenciais

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.