Saiba como funciona o manejo de irrigação na cultura do milho

Confira esta informação e fique por dentro do mundo agro!

0

Hoje, 26 de abril, em Belo Horizonte, nós da Agro e Jardim, da Agrorural.net, vamos te explicar melhor como funciona o manejo de irrigação na cultura do milho! Você já imaginou o que tem por trás de uma plantação? E o processo de irrigação? Bom, isso é o que você vai saber hoje! Fique conosco até o final da matéria e aprenda junto conosco!

A produção do milho de qualidade é bem dependente do sistema hídrico. Isso porque a eficiência metabólica do produto e a translocação de nutrientes para os grãos é por meio da água. Muito interessante, não acha? Por isso, veja o manejo completo e fique por dentro das novidades e informações.

Leia mais: Aprenda a fazer mudas de plantas suculentas de uma vez por todas, confira

Saiba como funciona o manejo de irrigação na cultura do milho
Saiba como funciona o manejo de irrigação na cultura do milho – Pexels

Manejo de irrigação na cultura do milho

Primeiramente, apesar do manejo de irrigação na cultura do milho ser fundamental nas mais diversas áreas, ele deve ser, sobretudo, implantado em regiões mais quentes, como o cerrado. Ademais, você deve observar qual a finalidade do milho que está sendo cultivado, isto é, se será um milho para silagem, pipoca ou mini milho, por exemplo. Confira abaixo os métodos mais famosos!

Descubra quais são os manejos de irrigação

Dessa forma, nós temos os 3 principais, sendo estes:

  • A irrigação por superfície, que é realizada através de sulcos nas fileiras de plantação;
  • Junto a isto, temos a aspersão, que a água é lançada por mecanismos que imitam a chuva;
  • Por último, há o gotejamento, que irriga diretamente o solo na linha de plantação, mas a vantagem é que as ervas daninhas não absorvem rapidamente a água e o solo fica úmido por mais tempo pela velocidade de irrigação.

Com boas práticas de irrigação, você pode dobrar a sua produtividade, sabia disso? No entanto, para que você tenha um bom controle, é preciso ter outros dispositivos que ajudem o processo, como o controlador de umidade e o pluviômetro, que monitora a quantidade de chuvas na sua região.

Por fim, um sistema de telemetria em hidrômetros permite que você saiba quanta água está, de fato, indo para a sua lavoura, o que irá te auxiliar ainda mais! Viu só? Em poucas dicas você conseguiu saber mais sobre o manejo de irrigação na cultura do milho. Nos conte nos comentários o que você achou e se irá implantar no seu agronegócio!

Continue lendo: Como fazer mudas do pequi, siga o passo a passo, simples e eficaz

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.