Saiba como fazer um cocho para alimentação de gado

Confira as técnicas mais simples!

0

Fazer corretamente o cocho para alimentação do gado é uma das tarefas importantes da agropecuária. Afinal, nesse meio todo e qualquer pequeno processo importa, pois impacta diretamente em resultados futuros. Dessa forma, é preciso saber não só como fazer, mas que forma apresentará melhores resultados.

Hoje, 10 de junho, em Taubaté, nós da Agropecuária, da Agrorural.net, vamos te mostrar como fazer seu próprio cocho e dar algumas dicas de utilização. Dessa forma, se você está precisando de uma luz para poder preparar as instalações do seu gado, continue nos acompanhando e não perca nenhuma informação importante!

Leia mais: Faça isso se quiser ter lindas rosas do deserto

cocho para alimentação de gado
Veja como fazer um cocho para alimentação de gado | Canva

Veja como fazer um cocho para alimentação de gado

A princípio, a importância de cocho é tamanha porque, no caso do gado de engorda, é necessária uma suplementação da alimentação. Por exemplo, mesmo que seus animais se alimentem bem seja no semi-confinamento, no confinamento ou mesmo no pasto, eles ainda necessitam de suplementação.

No caso, essa suplementação (que ocorre nós cochos) é o que vai garantir aos animais nutrientes dos quais precisam e acelerar o processo de engorda. Dessa forma, é bom investir um pouco mais para construir um que seja reforçado, ao invés de buscar apenas alternativas muito baratas.

Colocando a mão na massa: escolha o melhor material!

Antes de mais nada, é bom que você escolha os materiais para criar seu cocho. Veja alguns deles logo abaixo:

  • Madeira: embora sejam resistentes, são mais caros e mais complicados de higienizar;
  • Pneus: não muito indicados, podem soltar farpas que machucam os animais;
  • Plástico: talvez os mais baratos e populares, são uma boa alternativa porque não machucam ou prejudicam os alimentos;
  • Aço: não é bom utilizar, visto que o sal presente na suplementação pode danificar o material;
  • Concreto: outra alternativa perfeita, muito durável, fácil de limpar e com um valor baixo.

Depois de escolher o material com o qual você mais se identifica, chega a hora de montar a estrutura.

Onde deixar e como posicionar

Em seguida, é bom deixar os comedores perto de bebedouros, para estimular os animais a procurarem os cochos. Entretanto, tome cuidado com lugares muito úmidos, porque podem acabar prejudicando os suplementos. Fora isso, garanta que o local escolhido seja plano para evitar transtornos.

O posicionamento, por sua vez, varia com a situação e o local onde você vai deixá-lo: para a suplementação de adultos, coloque a um metro do chão. No caso de filhotes, pode-se colocar a cerca de 40cm e, para indivíduos em fase de crescimento, 70cm de altura está bom.

O tamanho, por sua vez, varia dependendo do que você quer oferecer aos animais. No caso da ração, por exemplo, é bom que tenha entre 40 e 30cm por animal, enquanto que a suplementação de sal requer apenas 5cm por animal, aproximadamente.

Manutenção e outros cuidados

Por fim, os cuidados necessários com o cocho para alimentação de gado devem ser regulares, depois que a instalação estiver pronta. A limpeza, por exemplo, deve ocorrer diariamente, no início do dia. Caso identifique avarias, é bom consertar imediatamente, para que o gado não tenha problemas para se alimentar.

Leia mais: Óleo vegetal extraído da soja: veja como é o processo do começo ao fim

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.